Itens com a tag linkedin .

Aprenda a explorar o LinkedIn!

 

 

Criado em 2003, nos Estados Unidos, o LinkedIn conquistou espaço e hoje está consolidada como a maior rede social corporativa do mundo. Excelente plataforma para fazer networking e procurar empregos on-line, a rede tem se destacado, também, por oferecer muitas oportunidades para marketing e vendas.

 

A cada dia, mais profissionais se conectam à rede, mas ainda sem compreender a ampla capacidade da ferramenta. É o que afirma Diogo Marra, gerente de Relacionamento do LinkedIn, ao reforçar a missão da rede. “O LinkedIn tem a missão de promover oportunidades para toda a rede, além de informações. Mais do que isso, é uma rede de relacionamento não apenas profissional, mas, principalmente, de aprendizado.”

 

Isso porque o LinkedIn conta com diversas oportunidades para explorar assuntos, como o canal Pulse, que é uma fonte para notícias profissionais com conteúdos interessantes e debates sobre as novas tendências, onde é possível ler e compartilhar as informações publicadas. Outra novidade da plataforma é a possibilidade de inserir vídeos nas publicações.

 

Diogo Marra destaca também algumas dicas que podem contribuir para o melhor uso da ferramenta. Confira as dicas e coloque-as em prática! 

 

  • Apenas adicione pessoas que você conheça: a efetividade do networking depende do nível de entrosamento, se este for nulo, não há como surtir efeito.
  • Participe de grupos, curta e compartilhe informações: ao endossar os conteúdos, naturalmente você passa a fazer parte de determinado assunto e a ganhar visibilidade.
  • Atenção às informações publicadas: evite assuntos que possam criar polêmica e ser motivo de piadas; o melhor é abster-se. 

5 dicas para um perfil campeão no LinkedIn

 

O LinkedIn é uma rede social para fins profissionais e, hoje, o Brasil ocupa o 3º lugar no ranking mundial de participação. Sua função é incentivar o network entre profissionais de diversas áreas; mostrar suas habilidades, competências e experiências; além de possibilitar que sigam as novidades de empresas e grupos sobre assuntos de seu interesse.

 

Para ter um perfil campeão, basta seguir algumas dicas simples:

 

  1. Tenha uma foto de perfil: as pessoas gostam de ver o rosto de quem está fazendo contato. Utilize fotos sóbrias e que passem credibilidade à sua função.

 

  1. Capriche no resumo: o campo “resumo” é o espaço adequado para descrever suas principais habilidades e funções, assim como os resultados obtidos. Utilize palavras-chaves para que as pessoas possam encontrar o seu perfil.

 

  1. Acerte nas experiências: todas são válidas, porém dê mais ênfase àquelas que têm o seu foco no momento. Descreva em forma de tópicos suas principais atividades.

 

  1. Defina competências: você pode listar na aba “competências”, todas as habilidades que possui. Assim, os contatos que o reconhecem por essas habilidades podem ajudar a endossá-las.

 

  1. Mantenha contato: não basta apenas adicionar, você deve parabenizá-los por novas conquistas, interagir com suas publicações e enviar-lhes mensagens, quando necessário.

 

 

Dica extra: Siga a página da Santillana Brasil (Editora Moderna), no LinkedIn, para acompanhar as novidades da empresa.

Ambiente virtual, imagem real

 

As redes sociais causam a falsa impressão de imunidade. Basta ter um perfil em alguma das diversas mídias para perder a invisibilidade – muitas vezes, a sensação é irreal. As pessoas tendem a falar e se expor mais, causando o “efeito da desinibição on-line”, como chama o professor John Suler, da Universidade de Rider, em Nova Jersey.

 

Assim, é fundamental tomar alguns cuidados, ao criar um perfil, principalmente tratando-se do aspecto profissional. De acordo com estudo do CareerBuilder, site americano de recrutamento, cerca de 51% dos empregadores entrevistados disseram ter desistido de contratar um candidato após verificar suas postagens.

 

Algumas dicas simples podem evitar a exposição desnecessária, confira:

 

- Use ferramentas de privacidade: diversas redes sociais permitem alterar a privacidade e escolher quem pode acessar as informações.

 

- Pondere suas postagens: evite palavras chulas e agressivas, lembre-se de que o seu chefe ou futuro recrutador pode ler essa mensagem.

 

- Fotos desnecessárias: antes de publicar uma foto, pense se é realmente necessário. Fotos em situações constrangedoras podem causar danos à sua imagem profissional.

 

- Escolha bem as palavras: se a comunicação oral já causa mal-entendidos, imagine a escrita. Escolher as palavras é essencial para que a mensagem seja entendida claramente.

 

- Linguagem adequada para cada mídia: Cada rede social tem suas particularidades. O LinkedIn, por exemplo, é uma rede profissional, então, utilize-a apenas para esse fim. Já as fotos do fim de semana podem ser compartilhadas no Instagram, Facebook...